Informações e notícias sobre Rankings. Os melhores, piores, maiores e menores do Brasil e do mundo você encontra no nosso blog.

6 de outubro de 2008

Crônica: Os 6 maiores plágios da história (Anônimo)

O blog é um espaço aberto para todas as formas de expressão, protestos e opiniões. Basta apenas ter coragem para se expressar e demonstrar indignação com o que acontece no mundo. Recebi um e-mail de Anônimo indignado com a falta de critério em relação ao plágio, principalmente na internet e nas universidades.

Como à questão do plágio é muito dúbia e existem pessoas que desconhecem o que constituem plágio, anônimo nos esclarece através da lei e proporcionada a lista dos maiores plágios da histórias. Divirtam-se e cuidado com o plágio. Ele pode te pegar:

"6 Maiores plágios da história "

"1º - Andar em pé.
2º - Dormir deitado.
3º - Defecar sentado.
4º - Pensar em um determinado idioma.
5º - Falar um determinado idioma.
6º - Escrever um determinado idioma. "


"Por isso, quando for praticar uma destas ações, ou qualquer outra, procure citar as fontes, pois, de acordo com a lei 9.610 (https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9610.htm#art115 ) a apropriação alheia de produção intelectual, aqui vale lembrar do idealismo platônico, dá multa e até cadeia."
"Seja responsável, plágio, além de ilegal, é imoral. "

"Posto como anônimo pela razão de não ter conhecimento dos proprietários das palavras que usei. Oh! Não! O anonimato também já foi reproduzido por outra pessoa! Ah! Mas ainda há uma saída."
"Fecho o post entre aspas para mostrar que reconheço que este produto não é exclusivamente de minha autoria."

"Aconselho ao leitor fugir ou procurar algum advogado rapidamente. Certamente você estará plagiando o leitor que o antecedeu, e não podemos descartar a possibilidade do espertinho, em uma atitude também de plágio, te processar. "

“Anônimo”

2 comentários:

Fer Suguiama disse...

Não tenho fonte das palavras a seguir e, é triste dizer mas, infelizmente alguém já usou algumas dessas palavras antes. Só não sei quem. Nem como. Nem quando. Mas usaram, ah se usaram. Pra acabar com isso, talvez se inventássemos um idioma pra cada ser, aí ficaria tudo mais fácil. Sò não vale copiar o conteúdo, haha!
Parabéns, Sr. Anônimo, post divertido e infelizmente realista... =*

Gilberto disse...

O Sr. Anônimo esqueceu de lhe dizer que depois de alguns anos certas obras criativas passam a ser de domínio público.
Pronto, já tens um álibi, te livrei de um processo.
Virei fã deste blog.
Abraços

Related Posts with Thumbnails