Informações e notícias sobre Rankings. Os melhores, piores, maiores e menores do Brasil e do mundo você encontra no nosso blog.

11 de abril de 2009

Abandono de Animais


Andréa Bandeira *

O abandono de animais, tema não muito discutido na mídia, é um problema grave e existente em nossa sociedade. Para se ter uma idéia do tamanho da tragédia, no Brasil em época de férias (janeiro/fevereiro), as denúncias de abandono e maus-tratos com animais chegam a 50 por dia, enquanto em outras épocas do ano a média diária é de cinco animais. Entre os maus-tratos estão espancar, envenenar, manter os animais em locais sujos ou pequenos demais. Esses seres passam muitas vezes por essas torturas em suas limitadas e desgastantes vidas, além de sofrerem de fome, sede, frio, atropelamentos, espancamentos e mutilações.

O que ninguém quer ver, ou não nota por simples deficiência na capacidade de raciocinar, é que é justamente o abandono que gera a superpopulação de animais, mais sujeira, ataques (junto a doenças), etc. Em 2008 foram recolhidos 24 mil animais (principalmente cães e gatos) pela carrocinha em São Paulo. Desses animais apenas 1500 foram adotados. Os demais animais (“só 22 mil...”) foram sacrificados por não terem sido adotados em três dias. A forma de matar esses cães e gatos nem sempre é a menos dolorida, visto que a forma mais “humana” nem sempre é a mais viável financeiramente.

Além da carrocinha, há outras entidades que ajudam no recolhimento dos animais, porém nessas organizações o período de estada do animal é permanente ou até a sua adoção. Tais entidades recolhem esses animais e os ajudam, tratando de suas feridas, cuidando de sua alimentação, dando-lhes abrigo e por vezes até um lar. Porém, apesar de ser um lugar melhor que a rua, lá muitas vezes os animais vivem em lugares pequenos por simples falta de recursos das entidades, que são mantidas por voluntários na maioria das vezes. Um lar com espaço, carinho e atenção exclusivos seria melhor, não seria?

Castre seu bichinho. É importante. Se você puder adotar um animalzinho, adote. Mas se não puder, ajude instituições como a APACRI (Associação Protetora dos Animais de Criciúma) e a ATPA (Associação Torrense de Proteção aos Animais). As maneiras de ajudar são várias: doando ração, coleiras e guias, potinhos, roupas (para os debilitados e sem pêlos), casinhas, material para higiene, medicamentos ou até mesmo sendo um voluntário. No blog do jornalista Sidney Resende há um espaço para divulgação do assunto, com fotos de cãezinhos de rua e apelos de adoções. Ajudar você pode. A pergunta é: Você quer?

* Estudante de Artes da Universidade do Extremo Sul-Catarinense (UNESC)

3 comentários:

Barbara disse...

Muito bom o seu post. Realmente nao vejo muitas coisas sobre o assunto. Eu sou muito suspeita em falar de animais pois sou fascinada por eles. Eu vi que vai passar um programa na tv sobre um santuario de animais nos E.U.A., me pareceu legal, se voce quiser saber mais nesse site tem mais informaçoes: http://www.natgeo.com.br/br/synopsis/612/0
Valeu!

Anônimo disse...

S
E
seo

SEO是目前最新興的廣告曝光方法,SEO搜尋行銷提供了專業的關鍵字排名與SEO搜尋引擎最佳化服務,讓你的網站在SEO排名遙遙領先,歡迎洽詢SEO的專家 ... SEO自然排名 規劃架設seo seo網站 專業關鍵字公司1通電話幫您把網站排名到第1頁、 想要讓自己的網站大量曝光嗎? ...

宜蘭民宿

a383



6

w

Gorette disse...

Boa noite,
Estou lendo tudo sobre animais abandonados e envenenados, pois
ando buscando uma forma de ajudar.
Moro em uma pequena cidade de Minas Gerais ''Guiricema'' e aqui
os policias fazem o maior descaso
de tais denúncias.
Nunca ví uma cadela espancar os filhotes, mas já ví muitas mulheres
agredindo os filhos...
O animal só transmite amor, os machos protegem as fêmeas, ao contrário de alguns homens!
Se alguem abandona seu cão, ainda que ele passe frio e fome, se o dono o procurar, ele se enche de alegria e o perdão é total!
Se me fosse possível evitar, nunca mais haveria um animal abandonado.
Gorette Moura- Guiricema- MG

Related Posts with Thumbnails